É nosso cliente? Avalie-nos!

Como gerir os estoques com o comércio fechado

Por 15 de abril de 2020Empreendedorismo

Estamos passando por um momento delicado na economia. Em muitos estados do Brasil, comerciantes não podem abrir suas lojas, e caso possam, precisam seguir recomendações de acesso e higiene, evitando aglomeração de pessoas. O modelo de vendas dessas empresários estão tendo que ser repensadas e uma das preocupações é como gerir os estoques com as lojas fechadas.

A primeira alternativa são as vendas online, porém algumas lojas podem ter dificuldade para ter resultados expressivos pela internet. Uma ideia é fazer parcerias com lojas do mesmo segmento que vendem online, deixando produtos em consignação, por exemplo, e, dessa forma, movimentar o estoque.

Quando o assunto são os bens duráveis – móveis, eletrodomésticos, roupas, calçados – a dica é não aumentar os estoque e vender ao máximo. Uma alternativa interessante é pensar em promoções de produtos voltados para o home office, já que a maioria das população está trabalhando de casa. Como estamos vivendo uma crise econômica, direcionar as estratégias para produtos mais baratos também pode gerar melhores resultados em vendas. Faça promoções com itens que são mais em conta e estão em estoque há mais tempo.

Já no caso de bens essenciais – alimentos, remédios, produtos perecíveis -, engana-se quem pensa que não é necessário ou controle e planejamento de estoque. Por conta da alta e constante demanda, é necessário ter um estoque sempre abastecido e monitorar as datas de validade dos mesmos. A estratégia segue a mesma ideia para os bens duráveis, com promoções e serviços de delivery. As parcerias também podem ser feitas, revendendo alimentos por preços menores para empresas do mesmo segmento ou realizando permutas e trocas. Mas lembre-se que a crise pode atingir todos os segmentos e tipos de empresa. É importante negociar os pagamentos para uma data futuro junto aos fornecedores.

Para momentos como esse, e até para outras crises que possam surgir, é muito importante conhecer o perfil e os hábitos de compra dos seus clientes. Para isso tenha um cadastro atualizado com o máximo de informações possíveis. Com isso, você consegue promover ações direcionadas e personalizadas, melhorando o relacionamento com os seus consumidores.

Retorno também precisa de planejamento

Se nesse momento você precisa planejar e ajustar o seu negócio, quando chegar a hora de retomar e abrir as portas da sua loja, também é necessário pensar muito. Priorize a venda do seu estoque, mas lembre-se que você irá precisar de produtos quando tudo voltar ao normal, até porque a cadeia de suprimentos irá demorar para voltar a funcionar normalmente.

Em todos os momentos, crise ou não, a organização e gestão do estoque é um dos pontos principais de um negócio. É essencial entender a importância de ter um inventário e controle de estoque.